Potencial antioxidante do mulungu (Erythrina velutina) e Cordão-de-são-francisco (Leonotis nepetaefolia)
Full text (PDF)

Keywords

Erythrina velutina
Leonotis nepetaefolia
atividade antioxidante

How to Cite

de Lima, M. A., dos Santos, J. M., da Silva, A. M., da Silva, I. A., da Silva, E. B. B., & de Lima , E. N. (2022). Potencial antioxidante do mulungu (Erythrina velutina) e Cordão-de-são-francisco (Leonotis nepetaefolia). Europub Journal of Health Research, 3(4 Edição Especial), 368–373. Retrieved from https://ojs.europubpublications.com/ojs/index.php/ejhr/article/view/250

Abstract

Erythrina velutina R.Br. (mulungu) e Leonotis nepetaefolia L. (cordão-de-São-Francisco) são plantas comumente utilizadas na medicina popular, seu uso se dá pelas formas de chás, compressas, cataplasmas ou unguentos para infecções, dores e irritações cutâneas. O objetivo deste estudo foi analisar a atividade antioxidante de extratos de casca e folhas de Erythrina japonica de Leonotis nepetaefolia. Para tanto, foram preparados extratos secos brutos etanólicos (EBS) com cada uma das partes da planta acima mencionadas e, posteriormente, a resistência desses extratos foi avaliada pelo método de redução do radical 2,2'-difenil 1-picrohidrazina (DPPH). Os resultados de atividade antioxidante mostraram que as espécies de E. velutina apresentaram valores iguais a p<0,001 e as espécies de L. nepetaefolia obtiveram um valor de atividade antioxidante de p>0,05, dentre as quais as espécies de L. nepetaefolia tiveram melhor atividade antioxidante Com base nestes constatamos que pode-se concluir que o extrato de L. nepetaefolia apresentou maior potencial antioxidante devido ao seu alto teor de fenólicos e rico teor de flavonóides.

Full text (PDF)