Análise epidemiológica do suicídio no estado São Paulo: tendências, desafios e implicações para as políticas de saúde mental
PDF

Keywords

epidemiologia
suicídio
prevenção
intervenção

How to Cite

da Silva, L. C., Dourado, A. M., Jorge, E. R., de Lima, F., Dourado, F. J. de O., Sena, M. de F. R., de Souza, N. M., Santos, P. R., da Silva, R. P., Nobre, S. Érika F. R., & Moreira, T. M. de O. (2024). Análise epidemiológica do suicídio no estado São Paulo: tendências, desafios e implicações para as políticas de saúde mental. Europub Journal of Health Research, 5(1), 17–33. https://doi.org/10.54747/ejhrv5n1-002

Abstract

Este artigo realiza uma análise de dados referentes ao suicídio no Estado de São Paulo, com o intuito de identificar tendências, desafios e implicações cruciais para a política de saúde mental. A metodologia inclui uma revisão sistemática da literatura e a análise de dados diversos. Ao abordar as tendências ao longo do tempo, fatores de risco, grupos vulneráveis e desafios no sistema de prevenção, a pesquisa visa contribuir para o desenvolvimento de estratégias eficazes de prevenção e intervenção. Além disso, propõe implicações práticas para a formulação de políticas de saúde mental mais robustas, como investimentos em programas preventivos, treinamento de profissionais de saúde e conscientização pública, com o objetivo final de reduzir as taxas de suicídio e promover o bem estar emocional na população paulista.

https://doi.org/10.54747/ejhrv5n1-002
PDF

References

BORGES, M. G. P.; FALEIROS, V. de P.; FREITAS, M. H. de. Sentidos do suicídio. 2014. Dissertação (Mestrado ) — Universidade Católica de Brasília. Disponível em: http://www:bdtd:ucb:br/tede/tde_busca/arquivo:php?codArquivo=2189. Acesso em: 22/11/2023.

BRASIL; MINISTÉRIO DA SAÚDE. Cenário espidemiológico do Suicídio no Brasil. Brasília: [s.n.], 2017.

BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Política Nacional de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas. 2017. Disponível em: http://portalms:saude:gov:br/politica-nacional-de-saude-mental-alcool-e-outras-drogas. Acesso em: 22/11/2023.

BRESSAN, R. A. et al. Promoção da saúde mental e prevenção de transtornos mentais no contexto escolar. In: BRESSAN, R. A. et al. (Ed.). Saúde mental na escola: o que os educadores devem saber. 2014. ed. Porto Alegre: Artmed. p. 37 – 47.

CABRAL, K.V. O diagnóstico da Rede de Atenção Psicossocial do seu território. Curso Nacional de Saúde Mental e Atenção Psicossocial na covid-19,, Fiocruz, v. 2, p. 8 – 12, 2022.

DAVID HUME; GEORGE BERKELEY. Ensaios políticos, morais e literários. Nova Cultural, 1989. Disponível em: https://www:espacoacademico:com:br/046/46cvale:htm. Acesso em: 24/11/2023.

DOCKHORN, C. N. de B. F.; WERLANG, B. S. G. Programa CVV: Prevenção do suicídio no contexto das hotlines e do voluntariado. Textos & Contextos, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, v. 7, n. 2, p. 183 – 198, 2008. ISSN 1667-9509. Disponível em: https://www:redalyc:org/pdf/3215/321527163002:pdf. Acesso em: 24/09/2023.

DURKHEIM, E. O suicídio: Estudo de Sociologia. 3. ed. São Paulo - SP: WMF Martins Fontes, 2019.

FRANKLIN, J. C. et al. Risk factors for suicidal thoughts and behaviors: a meta-analysis of 50 years of research. Psychological Bulletin, American Psychological Association, Washington, v. 143, p. 187 – 232, Fev 2017. Minha tradução. Disponível em: http://www:apa:org/search:aspx?query=suicid. Acesso em: 22/11/2023.

LAWRENCE, R. E. et al. Religion as a risk factor for suicide attempt and suicide ideation among depressed patients. The Journal of nervous and mental disease, v. 204, n. 11, p. 845 – 850, 11 2016. ISSN 0022-3018. Disponível em: https: //www:ncbi:nlm:nih:gov/pmc/articles/PMC4990512/. Acesso em: 22/11/2023.

MANN, J. J. et al. Suicide prevention strategies: a systematic review. JAMA, v. 294, n. 16, p. 2064 – 2074, octubre 2005. Disponível em: https://pubmed:ncbi:nlm:nih:gov/16249421/. Acesso em: 08/11/2023.

OLIVEIRA, A. L. X. D. . S.; 2, F. D. T. D. SAÚDE MENTAL: UM ARTIGO DE REVISÃO SOBRE A SAÚDE MENTAL NO BRASIL. REVISTA CIENTÍFICA MULTIDISCIPLINAR NÚCLEO DO CONHECIMENTO ISSN: 2448-0959, maio 2020.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. MI-mhGAP. Manual de Intervenções para transtornos mentais, neurológicos e por uso de álcool e outras drogas na rede de atenção básica à saúde, Brasília, p. 1 – 173, 2018.

SANTIAGO, S. Q.; AMADO, A. M. Estado e vulnerabilidade externa. 2011. Dissertação (Mestrado ). Disponível em: http://repositorio:unb:br/handle/10482/9335. Acesso em: 22/11/2023.

SAÚDE, M. da. Cartilha de prevenção da automutilação e Suicídios, ori-entações para Cuidadores e profissionais da Saúde. fundação Demócrito Rocha, Ceara, 2020. Disponível em: https://bvsms:saude:gov:br/bvs/publicacoes/cartilha_prevencao_automutilacao_suicidio_orientacoes_educadores_profissionais_saude:pdf. Acesso em: 22/11/2023.

SCHWARTZ-LIFSHITZ, M. et al. Can We Really Prevent Suicide? Current psychiatry reports, v. 14, n. 6, p. 624 – 633, 12 2012. ISSN 1523-3812. Disponível em: https://www:ncbi:nlm:nih:gov/pmc/articles/PMC3492539/. Acesso em: 22/11/2023.

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO. Mortalidade por Suicídio no Es-tado de São Paulo. [S.l.], 2020. Disponível em: https://www:saude:sp:gov:br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/publicacoes/dcnt/suicidio/mortalidade_suicidio:pdf. Acesso em: 28/11/2023.

SECRETARIA DO ESTADO DE SAÚDE DE SÃO PAULO. Prevenção ao Suicídio. 2023. Site. Disponível em: http://saude:sp:gov:br/cratod-centro-de-referencia-de-alcool-tabaco-e-outras-drogas/arquivo/destaques/prevencao-ao-suicidio. Acesso em: 20/11/2023.

SPITTAL, M. J. et al. Declines in the Lethality of Suicide Attempts Explain the Decline in Suicide Deaths in Australia. PLoS ONE, Public Library of Science, v. 7, n. 9, p. e44565 –, 2012. ISSN 1932-6203. Disponível em: https://www:ncbi:nlm:nih:gov/pmc/articles/ PMC3434145/. Acesso em: 22/11/2023.

VOLTAIRE. Candido, ou O Otimismo: Tradução de José Alves Freitas. São Paulo: Hedra, 2010. Disponível em: http://www:dominiopublico:gov:br/download/texto/cv000009:pdf. Acesso em: 30/11/2023.

WHO. et al. Preventing Suicide : a Global Imperative. [S.l.: s.n.], 2014.