Perfil sociodemográfico dos casos de intoxicação referente a drogas de abuso no Brasil na última década: estudo epidemiológico
Full Text (PDF)

Keywords

epidemiologia
intoxicação
paciente

How to Cite

Kos, B. M., Santos, V. A., Santos, A. de L., & Lima, G. G. (2022). Perfil sociodemográfico dos casos de intoxicação referente a drogas de abuso no Brasil na última década: estudo epidemiológico. Europub Journal of Health Research, 3(4 Edição Especial), 162–168. Retrieved from https://ojs.europubpublications.com/ojs/index.php/ejhr/article/view/194

Abstract

A intoxicação exógena por drogas é um dos principais problemas de saúde pública. Esse agravo causado pelo uso de substâncias lícitas e ilícitas trazem prejuízos e danos à saúde dos usuários, acarretando desde dependência química até o suicídio. O objetivo desse estudo é traçar um perfil sociodemográfico das intoxicações por drogas de abuso no Brasil. Trata-se de um estudo descritivo, qualitativo e transversal sobre os dados relacionados à intoxicação por drogas de abuso através do Departamento de Informática do Sistema Único do SUS – Ministério da Saúde (DATASUS-MS) nos anos de 2010 a 2020, reunidos em tabelas para análise estatística. Observou-se uma predominância por pessoas do sexo masculino (74,32%), pardas (34,46%), da faixa etária dos 20-39 anos (56,88%). A principal circunstância foi o abuso (75,45%), e a maioria evoluiu com cura sem sequelas (70,88%). Dessa forma, faz-se necessária a adoção de medidas práticas de vigilância, promoção e prevenção em saúde, visando a diminuição do agravo.

Full Text (PDF)