Evolução da fístula colecistoentérica decorrente de síndrome de Mirrizi
PDF (Português (Brasil))

Keywords

colelitiase
mirizzi
fístula
diagnóstico

How to Cite

Serraglio, L., Cruz, M. S., Lopes, E. B., & Somensi, L. B. (2024). Evolução da fístula colecistoentérica decorrente de síndrome de Mirrizi. Cuadernos De Educación Y Desarrollo, 16(6), e4172. https://doi.org/10.55905/cuadv16n6-001

Abstract

A colelitiase é uma condição caracterizada pela presença de cálculos nas vias biliares. Etiologicamente, é influenciada por fatores genéticos, ambientais e metabólicos, afetando cerca de 10% a 20% da população, globalmente. Os cálculos pigmentares estão associados a condições como doença hepática crônica e quebra de glóbulos vermelhos. Clinicamente, os sintomas podem incluir dor abdominal súbita no quadrante superior direito, enjoos e perda de apetite. O diagnóstico geralmente ocorre de forma incidental durante exames de imagem, com confirmação por meio de ultrassonografia, tomografia ou ressonância magnética. O tratamento envolve a retirada da vesícula biliar por meio de cirurgia laparoscópica como padrão-ouro, e medidas conservadoras podem ser implementadas. A síndrome de Mirizzi, uma complicação rara da colelitíase, é mais comum em mulheres e pode se manifestar com icterícia e dor abdominal. O diagnóstico pode ser realizado por meio de exames como colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE) e colangiografia. A fístula colecistoentérica, embora seja considerada uma ocorrência pouco comum, é uma complicação que ocorre com frequência na colecistite. Muitas vezes, seu diagnóstico é feito durante a cirurgia devido à ausência de sintomas claros. O diagnóstico tardio está ligado a um aumento da morbidade e mortalidade.

https://doi.org/10.55905/cuadv16n6-001
PDF (Português (Brasil))

References

BRITO M., M. DEL R. et al. Fístula colecistocolónica y colecistoduodenal simultáneas en un paciente con colecistolitiasis. Revista Med. Ateneo, Equador, [s.l.], v. 19, n. 2, p. 160-166, maio, 2019. Disponível em: https://www.colegiomedicosazuay.ec/ojs/index.php/ateneo/article/view/14. Acesso em: 12 set., 2023.

CIRILO, O.; MARIA, M. Manejo cirúrgico da Síndrome de Mirizzi. ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva, São Paulo, v. 2, pág. 51–54, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/j/abcd/a/n4wTNMpkq3P48YRZ7MkwzJF/abstract/?lang=pt. Acesso em: 28 ago., 2023.

CIAULA, A. D. et al. O papel da dieta na patogênese dos cálculos biliares de colesterol. Revista Química Medicinal Atual, Emirados Árabes Unidos, v. 19, pág. 3620-3638, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.2174/0929867324666170530080636. Acesso em 01 set., 2023.

FARIA, N. M. T. et al. Síndrome de Mirizzi: revisão e abordagem. Cadernos da Medicina-UNIFESO, v. 2, n. 3, 2019. Disponível em: https://revista.unifeso.edu.br/index.php/cadernosdemedicinaunifeso/article/view/1648/753 . Acesso em: 01 set., 2023.

FONSECA-NETO, O. C. L. DA.; PEDROSA, M. DAS G. L.; MIRANDA, A. L. Manejo cirúrgico da Síndrome de Mirizzi. ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva, São Paulo, v. 21, n. 2, p. 51–54, jun. 2008. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-67202008000200002. Acesso em 07 set., 2023.

GARCÍA, E. L. M. et al. Fístula colecistoduodenal manejada por abordaje laparoscópico. Presentación de caso. Revista Mexicana de Cirugía Endoscópica, México, v. 19, n. 3, p. 118-121, 2018. Disponível em: https://www.medigraphic.com/cgi-bin/new/resumen.cgi?IDARTICULO=82484. Acesso em: 11 set., 2023.

LACERDA, P. de S. et al. Mirizzi syndrome: a surgical challenge. ABCD. Arquivos Brasileiros De Cirurgia Digestiva, São Paulo, v. 27, n. 3, p. 226–227, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-67202014000300017. Acesso em: 07 set, de 2023.

MOORE, Keith L.; DALLEY, Arthur F.; AGUR, Anne M. R.. Anatomia orientada para a clínica. 8 Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2019.

MENDES M, RIO TINTO R, SACADURA J, GUEDES J, SILVA D, REDONDO I, et al. Casos Clínicos / Clinical Cases FÍSTULA COLECISTO -ENTÉRICA : A PROPÓSITO DE 3 APRESENTAÇÕES DISTINTA S [Internet]. [cited 2024 Apr 9]. Available from: https://www.sped.pt/images/sped/GE/GE_2005/1janfev2005/v12n1a04.pdf. Acesso em 07/04/2024.

NORRIS, Tommie L. Porth – Fisiopatologia, 10º edição. Grupo GEN, 2021. E-book. ISBN 9788527737876.

PERÔN, A. et al. Compreender os motivos da recusa da colecistectomia em pacientes com colelitíase: como ajudá-los na sua decisão?. 2014. ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva, São Paulo, v. 27, n. 2, p. 114-119, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/abcd/a/cfZnGtvmnvTc7q7hM7CdMGM/?format=pdf&lang=pt . Acesso em: 12 set., 2023.

QUESADA, M.C.; CASTANHO, D.M.; GUERRERO, A. Síndrome de Mirizzi. Revista Médica Sinergia, Costa Rica, v. 6, pág. 10, 2020. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=7445657 . Acesso em: 28 ago, de 2023.

QUIROS, M.F.C; CHAVES, R. Á. Síndrome de Mirizzi. Revista Clínica da Escola de Medicina UCR-HSJD, Costa Rica, v.8, n. 3, pág. 1-6, 2018. Disponível em: https://www.medigraphic.com/pdfs/revcliescmed/ucr-2018/ucr183b.pdf . Acesso em: 01 set., 2023.

RUFINO, I. R. et al. Fístula colecistoduodenal uma rara complicação de colelitíase: relato de caso e seu diagnóstico por imagem. Revista Eletrônica de Pesquisa em Saúde, [s. L.], v. 20, n.1, p. 32-34, 2020. Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/revistahuufma/article/view/14360. Acesso em: 12 set., 2023.

SILVA, C. G. F. R. et al. MM Colelitíase: Aspectos etiopatogênicos, métodos diagnósticos e condutas terapêuticas. Revista Brasileira de Desenvolvimento, Paraná, v. 9, n. 05, p. 16758–16769, 2023. Disponível em: https://doi.org/10.34117/bjdv9n5-150. Acesso em: 1 set., 2023.

SILVA, F. L.; NABUT, N. Hemorragia digestiva alta por fístula Bilio-Duodenal: relato de caso: High bile fistula digestive hemorrhage-Duodenal: case report. Brazilian Journal of Health Review, [S. l.], v. 5, n. 6, p. 24519–24527, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n6-207. Acesso em: 13 set., 2023.

SILVERTHORN, Dee U. Fisiologia humana, 7º edição. ARTMED, 2017. E-book. ISBN 9788582714041.

TORRES, O. J. M.; MELO, L. A. L.; RODRIGUES, C. E. C. Síndrome de Mirizzi. Revista do Hospital Universitário, Maranhão, v. 1, n. 3, p. 41-43, 2002. Disponível em: https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-nordeste/hu-ufma/ensino-e-pesquisa/revista-de-pesquisa-em-saude/v3-no1.pdf#page=41. Acesso em: 11 ago., 2023.